Blog

Psicoterapia

Angustia Pedro Martins Psicoterapeuta - Psicoterapia

Angústia

A angústia sinal é um pressentimento que avisa o sujeito, abrindo-lhe a possibilidade de executar medidas preventivas e treinar estratégias de defesa.

É um alarme conduzindo a um alerta.

Este medo antecipado tem, pois, um importante significado biológico, permitindo uma adequada adaptação e um maior sucesso na luta pela existência e melhor qualidade de vida.

É mesmo um fenómeno psíquico essencial à manutenção do ser e ao desenvolvimento das suas capacidades.

Angústia traumática – medo provocado por acontecimento imprevisto.

Angústia automática ou de repetição – desencadeada pela revivência de um trauma psíquico anterior.

Angústia sinal – expectativa de um perigo, informando o indivíduo da sua proximidade, iminência ou probabilidade.

A angústia traumática, automática e sinal não têm grandes diferenças entre elas, pois são todas uma resposta a um sinal de perigo, seja ele imediato, relembrado ou pressentido.

Por isso, quando hoje falamos de angústia é na acepção de angústia como sinal.

Trata-se sempre da reacção a um desastre que pode acontecer ou podia ter acontecido.

A reacção ao desastre que já aconteceu é a tristeza.

Comments for this post are closed.
As Mães são Sempre as Culpadas? Pedro Martins Psicoterapeuta Psicólogo Clínico

As Mães São Sempre as Culpadas?

“As Mães São Sempre as Culpadas”. Mito ou realidade? O que é que o mito da mãe esquizofrenogénica nos impede de …

Por que a Terapia Funciona Pedro Martins Psicoterapeuta Psicólogo Clínico

Por que a Terapia Funciona?

Actualmente a discussão já não anda tanto à volta da eficácia das psicoterapias, mas na razão por que a terapia funciona; …

Procrastinação: dificuldade em gerir tempo ou emoções? Pedro Martins Psicoterapeuta Psicólogo Clínico

Procrastinação: dificuldade em gerir tempo ou emoções?

A investigação tem procurado esclarecer se a procrastinação é uma dificuldade em gerir o tempo ou em lidar com as emoções. …